sexta-feira, 5 de junho de 2009

Natal na Copa 2014 (eu no Jornal Nacional)!

http://jornalnacional.globo.com/Telejornais/JN/0,,MUL1182072-10406,00-SEDES+DA+COPA+DE+SE+PREOCUPAM+COM+MEIO+AMBIENTE.html

Sedes da Copa de 2014 se preocupam com meio ambiente

Projetos de novos estádios levam a sustentabilidade econômica e ecológica em consideração.

O Jornal Nacional exibe nesta semana uma série de reportagens sobre a Copa de 2014.

Nesta quarta-feira, Tino Marcos mostra a preocupação comum, nas cidades-sedes, com o meio ambiente. “O mais interessante, além do próprio evento, são as consequências depois pra cidade”. O legado, a vida depois da Copa. Palavra de ordem do comitê organizador: sustentabilidade.

“É uma demanda que vai ser rigidamente fiscalizada, pra que os estádios sejam sustentáveis, não só economicamente, mas também ecologicamente”, disse Carlos de la Corte, arquiteto do comitê organizador. “Vai ser uma Copa verde, inegavelmente vai”. No projeto do estádio de Fortaleza, setas indicam a preocupação com a ventilação natural, tão farta na capital cearense.

Para o arquiteto que assina os projetos de Cuiabá e Brasília, a Copa é a grande oportunidade de mudar a mentalidade, o perfil das construções. “O Brasil tem que dar exemplo para o mundo agora na hora que está fazendo esses seus projetos de mostrar primeiro que nós temos capacidade e que temos a capacidade de pensar no mundo. Ou seja, esses estádios têm que ser ecoarenas”, opinou Eduardo Castro Mello, arquiteto.

A bandeira ambiental, a Copa sustentável, fatores decisivos para a escolha de Manaus pela Fifa. Há mais de um 1,6 mil quilômetros quadrados de floresta. E são menos de sete quilômetros entre a floresta e o Vivaldão, o estádio que será demolido para a construção da nova arena amazônica.

“Seremos o primeiro estádio brasileiro e possivelmente um dos primeiros estádios do mundo com todas essas características de proteção ambiental”, disse Robério Braga, secretário de cultura do Amazonas. O Mineirão, em Belo Horizonte, ganhou elogios da Fifa por ficar ao lado de uma grande área preservada.

“O Mineirão está muito bem localizado em BH na região da Pampulha. A Pampulha que abriga obras importantes de Niemayer e a Pampulha que é uma região preservada, protegida, uma região cheia de verde”, disse Rodrigo Perpétuo, secretário municipal de Relações Internacionais.
Na sede de Cuiabá. “Ah, tem o Pantanal, né?”.

Na região metropolitana do Recife, onde será erguido um novo estádio, ferrovia cercada de mata atlântica e o rio Capibaribe ao lado da arena. O desejo da Fifa é de que as festas ao ar livre, que fizeram sucesso na Copa da Alemanha, sejam em áreas verdes no Brasil. E Porto Alegre se apresenta. “Nós somos a capital ambiental do Mercosul, temos inúmeros parques, nós pretendemos transformar cada um desses parques num chamado parque do torcedor”, comentou José Fortunatti, secretário extraordinário da Copa de 2014.

Bons motivos pra esperar pela Copa e torcer. Pelo amarelo canarinho e pelo verde do Brasil. Nesta quinta-feira, você vai saber como estão os projetos dos estádios para a Copa.