segunda-feira, 22 de junho de 2009

Paraty concorre a Patrimônio Mundial

http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/165862.html

A Rota do Ouro na cidade brasileira e o Porto da Ribeira Grande em Cabo Verde candidataram-se ao título com mais outras 28 propriedades; decisão será divulgada pela Unesco entre os dias 22 e 30 deste mês.

Cidade Velha

Paraty

por Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, decide a partir desta segunda-feira o destino de 30 candidaturas a Patrimônio Mundial da Humanidade.

Dos oito países de língua portuguesa, Brasil e Cabo Verde, no oeste da África, apresentaram inscrições.

Aventureiros

A Rota do Ouro em Paraty e Sua Paisagem espera conseguir o título de Patrimônio Mundial por ser considerada o primeiro porto daqueles que procuravam o metal precioso, como explicou à Rádio ONU, do Rio de Janeiro, o presidente do Comitê Pró-Unesco Paraty Patrimônio Mundial, Amauri Barbosa.

"Paraty foi a principal porta de entrada destes aventureiros e homens de coragem que vinham em busca, principalmente, do ouro que era o maior objetivo deles. E a principal porta de entrada nas Américas, no Brasil, foi pelo Porto de Paraty", afirmou.

Apoio Técnico

Cidade Velha

Cidade Velha

Já Cabo Verde apresentou o Porto da Ribeira Grande conhecido também como Cidade Velha. Numa entrevista à Rádio ONU, em setembro passado, o presidente do país, Pedro Pires, disse que o local deu início ao que ele chama de um novo ser humano.

"A partir daí também nasce qualquer coisa nova que é uma nova cultura, a cultura cabo-verdiana que é uma cultura mestiça. E nasce também um novo homem que é o homem mestiço. Cabo Verde é a origem de qualquer coisa. Eu acho que é a origem do que se passa nas Américas: Sul, Central e a do Norte. Merece ou não merece ser considerado um Patrimônio da Humanidade? Pensamos que sim", concluiu.

Dinossauros

Das 30 candidaturas, 4 são patrimônios naturais, 23 culturais e 3 mistos.

Os Patrimônios Mundiais da Humanidade recebem da Unesco apoio financeiro para ações de emergência, treinamento e cooperação técnica.

Entre os 30 sítios inscritos este ano estão o Mar de Wadden entre Alemanha e Holanda, a Torre de Hércules na Espanha e o Litoral Coreano dos Dinossauros do Cretáceo, na Coreia do Sul.

Nenhum comentário: