domingo, 21 de fevereiro de 2010

Lula: "nos anos 90, a crise da Grécia já tinha quebrado o Brasil"


19 de fevereiro de 2010 • 18h13

Carolina Marcondes 
Reuters 

Aproveitando o cenário de temor por conta da crise da dívida da Grécia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva exaltou a atual situação da economia brasileira e afirmou que o ano de 2010 registrará um recorde na criação de empregos.

No mês de janeiro foram criados no Brasil mais de 181 mil novos empregos, lembrou Lula em Três Lagoas (MS) em visita à unidade produtora de papel e celulose da Fibria e da International Paper nesta sexta-feira. 

"O Brasil é diferente do que era há 10 anos atrás, quando em qualquer crise econômica o primeiro a quebrar era o Brasil. Se o Brasil de hoje fosse o Brasil dos anos 90 essa crise da Grécia já tinha quebrado o Brasil." 

Bem-humorado, o presidente afirmou ainda, dirigindo-se ao presidente da International Paper para a América Latina, o francês Jean-Michel Ribieras, que "essa crise é mais sua do que nossa". 

A fábrica da Fibria visitada por Lula tem capacidade para produzir 1,3 milhão de toneladas de celulose branqueada de eucalipto por ano. Deste total, 200 mil toneladas são fornecidas à International Paper que possui uma fábrica no mesmo local para a produção de papel de imprimir e escrever. 


Nenhum comentário: