quarta-feira, 23 de junho de 2010

Não dá pra segurar. Ibope: Dilma 40% x Serra 35%. Bye-bye Serra 2010 !

"A população brasileira concorda com Fernando Henrique Cardoso pelo menos num ponto: José Serra não emplaca essa: a) apenas 3% dos brasileiros avaliam negativamente o governo Lula; b) 85% aprovam a forma como o Presidente conduz o país; c) 40% preferem Dilma a Serra; d) 30% da população não vota em Serra de jeito nenhum --sendo dele o recorde de rejeição entre os presidenciáveis; e) na avaliação espontânea de voto, Dilma e Lula, juntos, tem 31% das preferencias; Serra fica com a metade: 16%; f) num hipotético 2º turno, Dilma bate Serra por uma diferença de sete pontos -- 45% X 38% (Carta Maior e a pesquisa da CNI/IBOPE; 24-06)".



Paulo Henrique Amorim
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2010/06/23/nao-da-pra-segurar-ibope-dilma-40-x-serra-35-bye-bye-serra-2010/

O Ibope, enfim, chegou lá. Depois de manobras de contorcionismo para negar a vantagem de Dilma, já apontada por outras sondagens, o instituto finalmente teve que se curvar às evidências.

Na pesquisa CNI-Ibope que acaba de ser divulgada, Dilma Roussef aparece com 40% das intenções de voto para Presidente, contra 35% de José Serra.Na última pesquisa, divulgada no último dia 5, havia empate de 37% entre os dois candidatos, embora tudo já indicasse que Dilma estivesse na dianteira.

A pesquisa foi feita de 20 a 22 desse mês em 141 municípios com 2.002 eleitores, depois que Serra, ferindo a lei, apareceu como estrela principal nos programas do DEM e do PPS. O programa partidário do PSDB também contribuiu para uma maior exposição de Serra, mas nada disso teve efeito.

O Ibope já sabia muito bem do crescimento de Dilma e isso vinha levando seu presidente Carlos Augusto Montenegro a mudar de opinião constantemente. Ele, que já havia dito que Lula não faria seu sucessor e que Serra era o favorito, teve que amenizar o discurso e reconhecer no início desse mês que a eleição poderia ser decidida no primeiro turno, a favor de Dilma ou Serra. Foi só para não passar recibo de suas previsões de torcedor. Em breve, ele terá que apontar Dilma como a única capaz de vencer no primeiro turno.

Um comentário:

Anônimo disse...

Discussão prazeroza aqui, reflexôes assim dignificam a quem observar neste blogue :/
Faz mais de este espaço, a todos os teus utilizadores.